Carregando

Buscar

Futebol

Suspenso, Luxemburgo dispara contra arbitragem de Cruzeiro x Botafogo: “Encomendado”

Compartilhe

O Cruzeiro empatou em 0 a 0 com o Botafogo no Estádio Independência, na noite da última terça-feira (12), e tem uma situação dificílima caso queira disputar a Série A em 2022. Durante a partida, o treinador Vanderlei Luxemburgo levou seu terceiro cartão amarelo — que irá afastá-lo do banco no jogo contra o Avaí, na próxima rodada — e, revoltado, disparou contra a arbitragem.

“O meu terceiro cartão amarelo eu fiquei surpreso, foi uma baita de uma sacanagem o que ele fez comigo, porque eu não fiz nada que o ofendesse. Reclamar é do jogo, eu não estava ofendendo ninguém. Eu estava reclamando que ele estava deixando o Botafogo ser moroso e não dar o cartão amarelo, não chamar a atenção dos jogadores”, conta Luxemburgo.

“Eu acho que esse terceiro cartão amarelo foi encomendado para eu ficar fora do próximo jogo, com certeza absoluta. Eu tô no futebol há muito tempo, eu não mandei ele para lugar nenhum, não fiz nada disso, não fiz nada daquilo. Se ele colocar ofensas na súmula, o caráter dele vai ficar em dúvida, e porque que ele veio apitar esse jogo aqui. Se ele colocar alguma coisa contra mim, é porque ele é maldoso e veio com maldade aqui no jogo”, diz o treinador do Cruzeiro.

O árbitro da partida foi Denis da Silva Ribeiro Serafim, de Alagoas. Apesar da reclamação, Luxemburgo terá de cumprir suspensão e não comandará a Raposa na Ressacada, contra o Avaí. O confronto e válido pela 31ª rodada da Série B 2021.

Foto de capa: Bruno Haddad/Cruzeiro

João Felix

Em destaque