Carregando

Buscar

Futebol

Torcedores registram truculência policial nas arquibancadas em partida do Fluminense, no Maracanã

Compartilhe

Um policial do Batalhão Especializado de Policiamento em Estádios (BEPE) xingou e ameaçou torcedores na partida que marcou a volta da torcida do Fluminense ao Maracanã. De acordo com informações do “UOL Esportes”, Dayana Santiago, de 24 anos, uma das torcedoras que aparece em vídeo publicado de denúncia da agressão, a confusão foi por causa de uma foto após o apito final.

“Acabou o jogo e decidimos tirar fotos. Um dos stewards nos pediu para descer e sair do estádio. Pedimos cinco minutos para tirar fotos, já que fazia muito tempo sem ir ao Maracanã e além de tudo pagamos caro pelo ingresso, exame e todo o procedimento, sem contar o resultado do jogo. O homem que nos abordou concordou e ficou esperando ao lado. Depois, outro steward e o policial militar subiram completamente descontrolados e nos empurraram até a saída, com as ameaças que filmamos”, contou Dayana ao portal.

João Alves, o torcedor de 19 anos que publicou o vídeo, é empurrado enquanto desce as escadas do estádio. Na rede social ele escreveu: “VERGONHOSO! Descer a escada sendo empurrado de toda forma, ao ponto de quase rasgar a minha camisa e no final ter que escutar isso. Lamentável…”.

Foto de capa: Alexandre Durão
João Felix

O “UOL” questionou se o policial seguiria trabalhando em eventos durante o procedimento, mas não obteve resposta. De acordo com o portal, o Grupo Sunset, que faz a segurança interna do Maracanã, também não atendeu às tentativas da reportagem.

Em destaque