Carregando

Buscar

Futebol

Jogador francês diz que, no PSG, “é mais fácil marcar Messi”

Compartilhe

Adil Rami, jogador francês que atualmente joga pelo Troyes, afirmou, em entrevista ao site da Ligue 1, que Messi ficou mais fácil de ser marcado após se reunir com os craques Neymar e Mbappé e montar um PSG “galáctico”.

“Ele era muito forte, naquela época ele sempre estava nas minhas costas. Quando estava impedido ele voltava para tocar no meio. Agora ele é mais um passador, então é mais fácil para os defensores, pois podemos esperar”, afirma o jogador francês de 35 anos.

Foto: Getty Images

Rami disse estar feliz pela permanência de Mbappé no PSG (pelo menos até o fim da temporada): “Sou um grande fã de Kylian Mbappé e espero profundamente que ele tenha uma Bola de Ouro. Estou feliz por ele ter ficado no PSG porque Messi vai lhe dar muito”, disse.

Veterano, Adil Rami fez parte da equipe da França que conquistou o título da Copa do Mundo da Rússia em 2018. Em suas passagens por Sevilla (foto) e Valencia, jogou contra Messi — na época, no Barcelona. Além dos clubes espanhóis, Rami teve passagens por clubes relevantes como Lille, Milan, Marseille e Fenerbahçe. Chegou ao Troyes nesta temporada.

Foto de capa: Getty Images

João Felix

Em destaque