Carregando

Buscar

Futebol

Sauditas resolvem pendências e acordo de compra do Newcastle está próximo de ser finalizado

Compartilhe

O Newcastle United está muito próximo de ser adquirido por um grupo saudita de investimentos. Nesta quinta-feira (7), foram resolvidas pendências que barravam a negociação entre o fundo saudita e a Premier League, e a oficialização do acordo pode ser feita em questão de horas.

O acordo não tinha liberação para acontecer por um imbróglio envolvendo política e pirataria: a beIN Sports, canal de TV que tem o maior contrato com a Premier League (e cujo proprietário é o dono do PSG), vinha sendo transmitida ilegalmente em território saudita com o aval do governo. A aprovação geraria problemas da liga inglesa com o Catar. Agora que a situação foi resolvida, o caminho está livre para os investidores sauditas.

O provável novo dono do Newcastle se chama Mohammed bin Salman, o príncipe herdeiro da Arábia Saudita. Estima-se que a fortuna da família real saudita, da qual bin Salman faz parte, equivale a dez vezes o valor da fortuna do atual dono do Manchester City, Mansour Bin Zayed Al Nahyan.

A Arábia Saudita é uma ditadura teocrática e é investigada por violações de direitos humanos cometidos no país. Mohammed bin Salman é acusado de ter ordenado a morte de um jornalista crítico do governo, Jamal Khashoggi, em 2018, no consulado saudita localizada na Turquia; ele representava um jornal progressista e estava exilado de seu país-natal, assim como outros críticos do governo saudita.

Foto de capa: Getty Images

João Felix

Em destaque