Carregando

Buscar

Futebol

Presidente da La Liga acusa PSG de burlar fair play financeiro: “Não gera dinheiro para ter o elenco que têm”

Compartilhe

O presidente da La Liga, Javier Tebas, acusou o Paris Saint-German de burlar o fair play financeiro, medida que impede que os clubes gastem mais dinheiro do que arrecadam, para pagar os salários de seus jogadores astros.

Ao “L’Équipe”, Tebas fez duras críticas ao time francês, e apesar de dizer não se incomodar com o elenco de nomes de peso, o executivo diz se aborrecer com o financeiro irreal. “Como o PSG nos explica que tem um elenco de quase 600 milhões de euros? Se vencer a Ligue 1, não ganhará mais de 45 milhões de euros. É impossível”, afirma.

O presidente da La Liga ainda disse ter convidado os presidente da Liga Francesa e do PSG para mostrar onde se encontram as irregularidades e os números que possuem, mas não obteve resposta.

“Posso mostrar, com números para comprovar, a trapaça em relação ao fair play financeiro. Se Messi e Neymar continuam no PSG, não me importa. É que tudo isso dói muito o futebol europeu. Eu não sou o único a dizer isso.” disse Tebas. 

Foto de capa: Getty Images
João Felix

Em destaque