Carregando

Buscar

Futebol

Park Ji-sung pede para a torcida do Manchester United parar de cantar sua música durante os jogos

Compartilhe

Ídolo do Manchester United, o coreano Park Ji-sung pediu para que a torcida dos Diabos Vermelhos parassem de cantar uma música em sua homenagem durante os jogos. O ex-atleta afirmou que os cânticos fazem uma alusão a um estereótipo negativo sobre o seu país natal.

Em entrevista para o “UTD Podcast”, Park afirmou que a canção é ofensiva porque sugere que os sul-coreanos comem carne de cachorro. “Essas palavras (carne de cachorro) causam muito desconforto para as pessoas da Coreia do Sul, e eu lamento muito pelos jogadores mais jovens que ouviram essa música”, iniciou.

“Na Coreia do Sul, as coisas mudaram muito. É verdade que, historicamente, houve um momento em que os sul-coreanos consumiram carne de cachorro, mas, atualmente, especialmente com a geração mais jovens, eles odeiam isso. A cultura mudou muito. Eu peço aos torcedores que parem de cantar essa música. Ela causa muito desconforto às pessoas da Coreia do Sul. É hora de parar”, concluiu.

João Felix

Park também reforçou que o pedido não é feito com o intuito de criticar os fãs da equipe inglesa. “Eu sei que os torcedores não têm intenção de ofender ninguém com a música, mas nós temos que educar os fãs a pararem de usar essas palavras, porque elas são atualmente uma ofensa racista às pessoas da Coreia do Sul”, afirmou. 

Por meio de uma nota, o United também repudiou os cânticos e solicitou que eles não fossem mais reproduzidos. “O Manchester United apoia totalmente os comentários de Park Ji-Sung e pede aos fãs para que respeitem seu desejo”, escreveu.

Imagem de capa: Getty Images

Em destaque