Carregando

Buscar

Futebol

Jornal aponta que Pep Guardiola escondeu 500 mil euros em conta não declarada na Andorra

Compartilhe

Informações do jornal espanhol “Marca” apontam que o nome de Pep Guardiola apareceu na lista da “Pandora Papers”, um material produzido pelo consórcio de jornalismo investigativo internacional. Isso porque, segundo o “La Sexta” e o “El Pais”, o treinador do City, até 2012, manteve uma conta bancária não declarada na Andorra.

Com isso, ele teria se isentado de taxas durante o governo de Mariano Rajoy. Até aquele momento, Guardiola não havia declarado a sua conta para a agência de taxa espanhola. Uma fonte próxima ao técnico confirmou a existência da conta, que pertence a “Banca Privada d’Andorra”. Lá, era guardado o salário de Pep quando ele jogou pelo Al-Ahli, entre 2003 e 2005. 

Ele regularizou cerca de 500 mil euros, pagando 10% de alíquota de impostos que eram estipulados por Cristobal Montoro, ministro da agência de taxa espanhola. A investigação aponta também que Guardiola aparentava ter um negócio no Panamá entre 2007 e 2012. Ele teria utilizado esse negócio para desviar o foco do seu banco na Andorra.

João Felix

Imagem de capa: Getty Images

Em destaque