Carregando

Buscar

Futebol

América-MG estuda modelo de gestão do Cuiabá

Compartilhe

O América-MG estuda adotar o modelo de gestão utilizado pelo Cuiabá, seu rival na 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Dourado é uma das referências de gestão empresarial do país. Ele é uma clube-empresa desde a sua fundação.

Já o Coelho pretende migrar para a sociedade anônima e deixar de ser associativo. O coordenador de futebol, inclusive, afirmou, durante uma live, que o projeto está avançado e que há grandes chances do clube mudar a  gestão para o modo empresarial ainda este ano.  As informações foram divulgadas pelo “UOL Esporte”.

Segundo o diretor, já existe um acordo com um grupo de investidores, e o clube já busca garantias para fazer a transição final entre dezembro deste ano e janeiro de 2022. No entanto, ainda não houve aprovação internamente do clube. Para isso acontecer, é preciso aprovação do conselho consultivo, assembleia geral e conselho deliberativo. 

Foto de capa: Getty Images
João Felix

Cristiano Dresch, vice-presidente do Cuiabá, exalta as principais vantagens da gestão de um clube nos moldes empresariais. “É menos burocrática na tomada de decisões e mais cuidadosa e responsável com os próprios gastos. O clube-empresa tem um dono e ele vai responder diretamente pelos prejuízos caso o clube venha a ter”.

Em destaque