Carregando

Buscar

Futebol

Jogo entre Cruzeiro e CSA termina em confusão e PM usa spray de pimenta; Clube alagoano zoa rival nas redes sociais

Compartilhe

O Cruzeiro perdeu de virada neste domingo para o CSA, e foi a primeira derrota do time sob o comando do técnico Vanderlei Luxemburgo. No entanto, o fim da partida teve cenas lamentáveis. Jogadores da Raposa entraram em conflito com jogadores do clube alagoano. A confusão precisou de intervenção da Polícia Militar, que acirrou ainda mais os ânimos de todos os envolvidos.

O volante Adriano, do Cruzeiro, saiu correndo atrás de Cristovam e, na porta do vestiário dos visitantes do Independência, no epicentro do tumulto, a Polícia Militar fez o uso de spray de pimenta para dispersar os brigões. E isso aumentou ainda mais o conflito, já que o efeito do gás fez jogadores e todos que estavam envolvidos no jogo, comissão técnica e jornalistas, sentirem os efeitos com tosse, falta de ar e olhos ardendo.

O goleiro Fábio e o meio-campista Giovanni Piccolomo, do Cruzeiro, reclamaram bastante. O meia precisou ser contido por seguranças tamanha a indignação. Depois de toda a confusão, o perfil do CSA nas redes sociais ainda provocou mais usando a letra de um funk: “Ah, que isso, elas estão descontroladas”.

 

Foto de capa: Reprodução
João Felix

Em destaque