Carregando

Buscar

Futebol

Ex-Fluminense e ídolo do River-PI, volante Amarildo dá a volta por cima após pensar em suicídio

Compartilhe

O volante Amarildo, ídolo do River-PI e formado na base do Fluminense, viveu tempos muito difíceis durante a pandemia de Covid-19. Em entrevista ao portal “Globo Esporte”, ele confessou ter tentado o suicídio duas vezes por enfrentar problemas diversos  desde financeiros até físicos, como a lesão no joelho que sofreu no início de 2020.

Amarildo rompeu o ligamento do joelho direito quando atuava pelo Timon-PI e, com todas as complicações impostas pela pandemia, teve de esperar para fazer o procedimento cirúrgico  o volante aponta também um descaso da diretoria do time piauiense: a cirurgia foi realizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

“Tenho meus traumas, né? De tudo que eu passei. Mas eu me sinto feliz, sei que mereço ter uma nova oportunidade. Voltar a fazer o que eu mais ano, jogar em campo. Não importa a idade. A disposição é a mesma. Tentei tirar minha vida duas vezes. Agradeço muito aos meus amigos próximos, que me ajudaram muito. Só eles sabem o que eu passei nessa fase tão difícil na minha vida”, disse Amarildo, ao “Globo Esporte”.

Hoje Amarildo está recuperado e voltou aos gramados para jogar Fut7 pelo Espartanos-PI. O volante de 36 anos foi formado pelo Fluminense, mas viveu o ápice de sua carreira ao conquistar o acesso à Série C com o River-PI, em 2015. Ele é um dos maiores ídolos recentes do Galo.

Foto de capa: TV Clube

João Felix

Em destaque