Carregando

Buscar

Futebol

Médico do Caxias, Rafael Lessa pede demissão após cobrar vacinação do técnico; Ele foi afastado dos jogos

Rafael Lessa

O médico do Caxias do Sul, Rafael Lessa pediu demissão após se envolver em uma polêmica sobre vacinação com o técnico do time, Rafael Jacques. Em nota divulgada à imprensa nesta quinta-feira, ele afirmou que foi impedido de trabalhar.

O pedido do afastamento foi feito pelo comandante e também pelo dirigente Ademir Bertoglio. O presidente do clube Paulo César Santos acatou a solicitação e ele não pode mais permanecer na sua função. No comunicado,, a diretoria afirmou que as decisões são sempre para contemplar “os interesses da instituição”

O ocorrido foi motivado após Rafael Lessa ter publicado em suas redes sociais uma cobrança ao treinador a realizar a vacinação contra o coronavírus, fato que foi adiado por alguns meses pelo comandante do Caxias.

“Fui comunicado pelo presidente e pelo vice presidente do Departamento Médico da S.E.R. Caxias, que foi exigido pelo gerente de futebol e pelo técnico, Rafael Jacques, que eu não realizasse mais jogos pelo clube. Na verdade, nas palavras do Paulo César, a quem nutro respeito, carinho e amizade, foi dito: “Eles me chamaram no quarto do hotel, viram sua postagem com a cobrança e disseram que não querem mais que você faça os jogos”, disse Lessa na nota oficial.

Foto de capa: Luiz Erbes/Caxias