Carregando

Buscar

Futebol

Jogadores do Junior Barranquilla compartilham “pó mágico” durante a partida e se explicam nas redes sociais

O Junior Barranquilla derrotou o Atlético Hiula em casa por 3 a 0, pelo Campeonato Colombiano, mas o que chamou a atenção foi o meio-campista Fábian Ángel. Ao sair do banco de reservas para substituir Larry Vásquez no início do segundo tempo, ele compartilhou um “pó mágico” com o restante da equipe em campo.

O treinador Arturo Reys deu a substância para que o jogador cheirasse, assim como os outros companheiros. O curioso é que a partida estava em 0 a 0 antes do “pó mágico”. A estratégia parece ter funcionado, já que em 25 minutos a equipe marcou os três gols e confirmou a vitória. 

Após a partida, ao perceber que a imagem circulava pelas redes sociais sem uma explicação aparente, Fabián Ángel esclareceu o ocorrido. Ele disse que o produto, que chamou de veneno, serve para “abrir as vias nasais e respirar melhor”. 

Foto de capa: Reprodução/Twitter @JuniorClubSA