Carregando

Buscar

Futebol

Cruzeiro mira feito do Figueirense e aproveitamento de 75% para retornar à Série A

Compartilhe

Pela segunda vez na Série B, o Cruzeiro busca repetir o feito do Figueirense para retornar à elite do futebol no próximo ano. Atualmente com 30 pontos e na 13ª posição da tabela, o time mineiro vê distante o G-4 mesmo sem perder há 11 partidas.

A esperança está em superar a campanha de recuperação do time catarinense, em 2013. Naquele ano, na mesma rodada, a equipe ocupava a 11ª colocação, com 33 pontos, e retornou à Série A após terminar o campeonato em quarto lugar, com 60.

Nos 14 compromissos finais, foram oito triunfos, três igualdades e três tropeços – um aproveitamento de 64%.

De acordo com o “Departamento de Matemática da UFMG”, o Cruzeiro precisa chegar a 62 pontos para subir, pois tem um grande número de empates na atual edição (doze até agora). Além disso, só pode perder dez pontos dos 42 em disputa até o fim da Série B, o que indicaria um rendimento superior a 75%.

Foto de capa: Reprodução/Mineirão
João Felix

O professor Gilcione Nonato da Costa explicou que não dá para garantir que o acesso virá em 2021, mas que há grandes chances, principalmente se o time somar 62 pontos. “Com 61 pontos, fica na situação de cara ou coroa, não dá para garantir que vai ter o acesso. Por isso, tem que ter, pelo menos, 62 pontos, que são 81% de chances”.

Luxemburgo, inclusive, já deixou claro que a equipe precisa vencer dez dos 16 jogos seguintes após o empate contra o Goiás pela 22ª rodada. “São 10 jogos que eu coloquei, não vou falar quais são, mas 10 jogos que temos a obrigação de ganhar”.

O próximo desafio será neste domingo, pela 25º rodada, contra o Vasco, em São Januário, às 16h (horário de Brasília), com a presença de público nos estádios. O time carioca também está em uma situação delicada e precisa da vitória para tentar retornar à Série A na próxima temporada.

Em destaque