Carregando

Buscar

Futebol

Série C: Manaus e Botafogo-PB termina em briga de dirigentes em campo

Compartilhe

O jogo entre Manaus e Botafogo-PB, válido pela 16ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro, terminou em uma briga generalizada entre os dirigentes das equipes. Antes do apito final, membros das diretorias já discutiam verbalmente. Ao término do jogo, pôde ser visto Guilherme Novinho, ex-presidente do Botafogo, dando um tapa no rosto de Giovanni Miranda, diretor de futebol do Manaus.

O contexto do jogo era quente o suficiente antes mesmo de a bola rolar. Isso porque enquanto o Belo figura a quarta colocação da Série C, o Manaus lidera com duas rodadas para o fim. Ao ser agredido, Miranda reagiu da mesma forma. Francisco Sales, diretor executivo do Botafogo, também interviu com socos. O jogo terminou em 0 a 0.

Na súmula do jogo, Thiago Luis Scarascati, árbitro da partida, relatou toda a confusão. Leia:

“Aos 30 minutos do segundo tempo, o sr Giovanni Alves da Silva, vice-presidente do Manaus FC (identificado pelo delegado da partida), foi retirado da arquibancada por estar contestando as decisões da arbitragem aos gritos.

Após o término da partida, o sr. Francisco de Sales p. Neto, supervisor da equipe do Botafogo FC, adentrou ao campo de jogo por uma escada de acesso às arquibancadas e iniciou uma discussão verbal com o sr Giovanni Miranda Filho, diretor de futebol da equipe Manaus FC, que também havia adentrado o campo de jogo pela mesma escada de acesso à arquibancada. Essa discussão desencadeou numa confusão generalizada.

Destaco ainda que dirigentes de ambas as equipes e atletas da equipe do Manaus FC tentaram impedir que a confusão continuasse, com exceção do atleta de número 9, sr. Rafhael Lucas Oliveira da Silva (vide relato em expulsões). Informo ainda, que quando a equipe de arbitragem deixava o campo de jogo, pessoas credenciadas, porém não identificadas e que ocupavam o espaço destinado a equipe do Manaus na arquibancada, gesticularam e protestaram em direção a equipe de arbitragem.”

João Felix

Imagem de capa: João Normando/FAF

Em destaque