Carregando

Buscar

Futebol

Willian mira estreia no fim de semana, revela mágoas no Arsenal e se apresenta oficialmente no Corinthians

Compartilhe

Depois de ser anunciado e treinar com o restante do elenco, Willian foi oficialmente apresentado no Corinthians. Em coletiva realizada nesta segunda-feira (6), o meia-atacante falou sobre o que espera de sua passagem no time do coração, mágoas passadas e quando poderá estrear. 

De antemão, Willian afirmou que não estará apto para jogar na terça-feira (7), quando o Timão enfrenta o Juventude. “Ainda não. Estou no processo de treinamento, vinha treinando separado no Arsenal, então preciso de mais uns dias para chegar na melhor forma física. Espero que no próximo fim de semana eu esteja bem para entrar no campo novamente”, disse.

Ainda nesta linha, o jogador relembrou que o seu último jogo oficial foi em maio, ou seja, ainda não está 100% fisicamente. “Só vinha treinando, iniciei a pré-temporada, e agora é dar continuidade nos treinamentos. Trinar forte, treinar bem, que o ritmo de jogo vem com os jogos. Espero que possa ganhar minha melhor forma o mais rápido possível”, acrescentou. Por não estar lesionado, a expectativa é que Willian seja relacionado para o jogo contra o Atlético-GO, marcado para domingo (12).

Questionado de quando tomou a decisão de voltar para o Brasil, Willian relembrou a passagem frustrada pelo Arsenal. “Infelizmente não deu certo o projeto que eu pensava que ia dar no Arsenal. Não deu liga. Por isso tomei essa decisão de sair do clube, rescindir, para voltar ao Corinthians”, comentou.

Nos Gunners, ele foi companheiro de David Luiz, que está livre no mercado e vem sendo monitorado por diversos times brasileiros. Willian afirmou que não teve contato recentemente com o zagueiro. “Para ser sincero com você, desde que acertei com o Corinthians eu não falei mais com o David Luiz, nem por mensagem ou ligação. É a diretoria do Corinthians que tem que resolver essa situação, não sei se teve alguma coisa ou não, mas não falei com ele”, disse.

João Felix

Veja mais algumas respostas do jogador: 

Quer voltar para a Seleção? Recebeu outras propostas?

  • Eu sempre tive esse objetivo de vestir a camisa da Seleção. Sei que tive um ano difícil na temporada passada, não foi bom para mim, nas nunca deixei de pensar e sonhar em vestir novamente a camisa da Seleção. Creio que eu estando bem no Corinthians, minhas chances crescem de voltar para a Seleção. Mas o meu objetivo é estar bem no Corinthians, vencendo os jogos, para então voltar. Não tive proposta de nenhum outro clube brasileiro, deixei claro que o único time que voltaria seria o Corinthians.

Já conversou com Sylvinho sobre posição no time? Como está a adaptação?

  • Tive poucas conversas com ele, mas não chegamos a conversar sobre isso, até porque ele me conhece, meu estilo de jogo. Eu não tenho nenhum problema nas minhas posições ali da frente, por dentro, pela esquerda ou pela direita, estou a disposição para ser utilizado da melhor forma que ajudar a equipe. Eu vim dar o meu melhor independente da posição, elevar o nome do Corinthians ainda mais.

Willian que chega ao Corinthians hoje está no auge?

  • Eu me sinto bem. Claro que tenho 33 anos hoje, mas me sinto bem. Creio que ainda posso jogar em alto nível mais alguns anos, sem dúvida nenhuma. Vou me preparar bastante, continuar sempre me cuidando para que eu possa jogar no alto nível, rendendo o que todos esperam de mim. Vou fazer o máximo de esforço possível para estar sempre bem e ajudando o Corinthians.

Tem algum título que sonha mais em conquistar pelo Corinthians?

  • Eu tenho sonhos com a camisa do Corinthians de conquistar títulos, de dar alegria para o torcedor corintiano. Tudo leva um tempo, é um processo, tenho que me adaptar ao clima, ao futebol brasileiro, é tudo um processo. Mas os sonhos e objetivos são esses, continuar vencendo com a camisa do Corinthians, continuar a história que foi interrompida anos atrás.

Título Brasileiro ainda é possível?

  • É difícil falar nisso agora. É claro que se perguntar para os jogadores, todos querem e vão dizer que o objetivo é o título. Mas temos que pensar passo a passo, jogo a jogo. Temos jogadores novos chegando, o entrosamento se ganha com o tempo. Então nosso objetivo principal é pensar jogo a jogo, assim vamos indo e, se for possível uma busca pelo título, brigar até o final.

Imagem de capa: Reprodução

Em destaque