Carregando

Buscar

Futebol

Janela de transferência histórica é a que a menos gerou gastos nos últimos sete anos

Nesta terça-feira (31) se encerrou uma das janelas de transferências mais marcantes dos últimos anos. Com Messi e CR7 de casa nova, ironicamente, essa foi a janela com menor gastos em transferências nos últimos anos. 

Se em 2019, o mercado de verão moveu cerca de 5,3 bilhões de euros (R$24 bilhões na cotação da época), a janela de 2021 moveu apenas 2,96 bilhões de euros (cerca R$18,1 bilhões). 

Foto destaque: Getty Images