Carregando

Buscar

Futebol

Fora há mais de um mês, Marinho evolui, mas só deve voltar a jogar no meio de setembro

Compartilhe

Longe dos gramados desde o dia 28 de julho, quando o Santos enfrentou o Juazeirense, pela Copa do Brasil, o atacante Marinho evoluiu em sua recuperação da lesão que sofreu no reto femoral da coxa esquerda. No entanto, o hematoma ainda é considerável, o que impede o jogador de voltar a jogar no sábado (4), quando o Peixe enfrenta o Cuiabá.

Marinho ainda não treina com bola e a sua movimentação em campo segue leve. Reforços que chegaram recentemente já participaram de um treino com a equipe sub-23. No entanto, por conta do alto ritmo de jogo, o atacante não foi liberado para participar.

O Santos trata a situação com cautela, visto que Marinho é o principal jogador do time. Sua reavaliação é feita diariamente e Fernando Diniz só pretende usá-lo quando estiver com a coxa 100%. A expectativa é que ele esteja apto para jogar contra o Bahia, no dia 11 de setembro, ou Athletico Paranaense, no dia 14.

João Felix

Imagem de capa: Ivan Storti/Santos FC

Em destaque