Carregando

Buscar

Futebol

Barcelona pede empréstimo de quase 600 milhões de euros, revela portal

Compartilhe

O Barcelona está enfrentando uma crise econômica. De acordo com o presidente do clube, Joan Laporta, as dívidas passam de um bilhão de euro. Para conter o agravamento, a diretoria solicitou um empréstimo de quase 600 milhões de euros para cobrir todos os “buracos”.

Após a saída de Messi da equipe, o que gerou revolta por parte dos torcedores, o mandatário concedeu uma entrevista coletiva e desabafou sobre a situação do clube, das dívidas e culpou a antiga gestão pelo problema enfrentado. 

Segundo o portal “Bonsega.com”, Joan Laporta fechou uma nova linha de crédito de dez anos com taxa de juros de 1,98%. O Goldman Sanchs Investment Bank atuou como assessor financeiro da transação. Este acordo ascende a 595 milhões de euros. O montante é de 455 milhões de euros, mas é necessário somar 140 de dívidas já contraídas que o presidente conseguiu renegociar.

Foto de capa: Getty Images
João Felix

Para conseguir esta injeção financeira, o clube catalão confiou nos direitos televisivos que receberá em breve. Como marca, a equipe continua sendo uma das mais atraentes do planeta, e, provavelmente, continuará gerando muito dinheiro nos próximos anos.

O clube não vai gastar parte do dinheiro da transferência no final da janela de transferências de verão, mas vai tentar vender Umtiti e Pjanic e reduzir os contratos de Serhi Roberto, Busquets e Jordi Alba.

Em destaque