Carregando

Buscar

Futebol

Em boa fase, Hulk crê em vaga na Seleção e sonha com Copa do Mundo: “Trabalhando para isso”

Compartilhe

Autor do segundo gol da vitória do Atlético-MG por 3 a 0 sobre o River Plate, Hulk é peça fundamental no esquema de jogo do time comandado por Cuca. Ciente do bom momento que vive, o atacante revelou ao programa “Seleção SporTV” que ainda pensa em voltar a vestir a camisa da seleção brasileira, com quem disputou a Copa do Mundo de 2014.

Hulk foi convocado pela última vez em 2016 para integrar o elenco que participou da Copa América. Com a chegada de Tite, nunca mais foi lembrado e assim encerrou o ciclo de sete anos jogando pela seleção brasileira, onde atuou em 48 jogos e marcou 11 gols. O longo tempo longe da seleção, contudo, não o fez deixar de acreditar em fazer parte novamente de uma Copa do Mundo.

“Eu sou um cara que nunca perde a esperança, e a gente tem que trabalhar, a gente tem que procurar estar bem, acho que tudo tem seu momento, tudo no tempo certo, não adianta querer estar na seleção hoje, tudo no tempo certo… A gente trabalha, a gente busca para quando chegar a oportunidade, estar preparado. E eu estou trabalhando para isso… Se eu tiver uma nova oportunidade na seleção, com certeza eu ficaria muito feliz, eu vou aproveitar da melhor maneira possível”, garantiu. 

João Felix

Hulk também comentou sobre o apoio dos torcedores atleticanos que compareceram em peso ao Mineirão, mesmo com todas as restrições por causa da pandemia, durante a partida decisiva pela Libertadores. Cerca de 17 mil pessoas estavam no estádio e assistiram a classificação do Galo para as semifinais do torneio continental.

“A gente tava na ansiedade de poder encontrar a torcida, a gente sentia esse calor deles através das redes sociais… Poder contar com a presença deles com certeza foi um jogador a mais, foi muito importante”, completou.

Foto de capa: Pedro Souza/Atlético-MG

Em destaque