Carregando

Buscar

Futebol

Spartak Moscou, da Rússia, é acusado de contratar técnico pelo signo

Compartilhe

Atualmente no comando do Spartak Moscou, Rui Vitória tem trajetória vitoriosa com quatro títulos nacionais e eleito duas vezes o melhor treinador do seu país. No entanto, segundo um dirigente do clube russo, o currículo do técnico não foi o principal critério para a contratação.

Recém-saído do Spartk, Dmitry Popov revelou que Rui Vitória só assumiu a equipe porque ele é do signo de áries e seu nome começa com a letra R. 

A administração baseada em princípios de astrologia e numerologia é influenciada diretamente por Zarema Salikhova, esposa do dono do Spartak, Leonid Fedun. Segundo Popov, ela é figura determinante em tudo que acontece no clube.

A revelação ocorreu depois que o dirigente pediu demissão do time russo no intervalo da derrota por 2 a 0 para o Benfica, nas fases preliminares da Liga dos Campeões, no dia 4 de agosto. Como foi atacado pela esposa do dono do clube, Popov resolveu expor mensagens que trocou com a primeira-dama durante o processo de contratação de técnico para o Spartak. 

Foto de capa: Reprodução
João Felix

Nesse bate-papo, a esposa de Fedun dizia que o novo técnico do clube precisaria necessariamente atender aos critérios descritos acima (de nome e signo) e sugere o espanhol Rafael Benítez, que faz aniversário no mesmo dia de Vitória (16 de abril). 

Como Rafa assinou com o Everton, e um outro treinador que se encaixava na fórmula pré-estabelecida por ela acabou contratado, a opção foi Rui Vitória. No entanto, a chegada do português não agradou Salikhova, que deixou o cargo de diretora financeira que ocupava. 

Em destaque