Carregando

Buscar

Futebol

Conmebol abre novo processo disciplinar contra o Flamengo; saiba detalhes

Compartilhe

A Conmebol abriu um processo disciplinar contra o Flamengo, referente a acontecimentos do jogo de ida das quartas de final da Libertadores, contra o Olimpia. Os motivos foram relatados pelo delegado da partida, Selim Doumet. As denúncias consistem em quebra de protocolo nos uniformes e entrada fora de hora de membros da comissão técnica em campo.

O Rubro-Negro tem até quarta-feira (18) para recorrer, mesma data marcada para o jogo de volta, em Brasília, contra a equipe paraguaia. O delegado afirmou que Gabigol, Vitinho e Matheuzinho apresentaram nome nos uniformes durante o “checklist” do jogo. Tal fato é proibido pelo Departamento de Competições de Clubes. Soma-se o fato que Selim relatou que um membro da comissão entrou em campo após o sorteio dos capitães.

Caso não recorra, o Flamengo pode ser multado pela entidade. Os valores variam de 5 a 100 mil dólares (R$ 527 mil). Essa não é a primeira punição da equipe carioca na Conmebol. Ocasiões passadas envolveram atraso na volta do intervalo, entre outros.

João Felix

Enquanto o Flamengo tem até às 18h de quarta-feira para recorrer, a equipe volta aos gramados às 19h15 do mesmo dia, para definir quem avança para a semifinal da Copa Libertadores. Na ida, o Rubro-Negro venceu por 4 a 1.

Imagem de capa: Alexandre Vidal/Flamengo

Em destaque