Carregando

Buscar

Futebol

Conmebol divulga revisão do VAR em vermelho a Nacho Fernandéz, do Atlético-MG: “Intensidade média alta”

Compartilhe

O primeiro jogo entre River Plate e Atlético-MG pela Libertadores terminou com a vitória do time brasileiro e também com a expulsão de Nacho Fernandéz. Nesta quinta-feira, a Conmebol divulgou imagens e áudios da revisão.

A análise concluiu que o cartão vermelho foi bem aplicado. O árbitro Jesús Valenzuela, da Venezuela, decidiu em pouco tempo durante o andamento do jogo, e o assistente do VAR deu sua opinião sobre o lance, que foi uma solada de Nacho em Angileri, que acabou rasgando a canela do jogador.

“Minhas considerações são: perna estendida, intensidade média-alta, golpeia entre o joelho e a canela, com as travas (da chuteira) – afirmou. O operador do VAR vai na mesma linha: “Vamos chamar, é um pé estendido, com as travas por cima, velocidade média alta, com a força do jogador”.

Foto de capa: Reprodução/Conmebol
João Felix

Nas quartas de final, cada cartão vermelho custa 2 mil dólares ao clubes. Nacho Fernandéz ainda será julgado pelo Tribunal Disciplinar da Conmebol, mas, a princípio, perde um jogo de gancho. O jogador, inclusive, marcou o gol da vitória do Atlético-MG. 

Em destaque