Carregando

Buscar

Futebol Stick

Fim de uma era: Messi se despede do Barcelona após mais de 20 anos; relembre a trajetória do ídolo

O dia do adeus de Lionel Messi ao Barcelona chegou. Neste domingo, o ídolo catalão concedeu uma entrevista coletiva bastante emocionante, onde se emocionou, ao se despedir oficialmente do clube. O argentino revelou ser um dos dias mais difíceis de sua vida, já que foram mais de 20 anos defendendo as cores do time e colecionando títulos em grupo, individual e vitórias. 

Messi chegou ao Barcelona em 2003, quando atuava pelas categorias de base, e já foi um dos destaques da época, apesar de bastante criticado pela sua baixa estatura. Sua estreia na equipe profissional aconteceu no dia 16 de outubro de 2004, na partida contra o Espanyol.

No entanto, marcou seu primeiro gol apenas no dia 1 de maio de 2005, no Camp Nou, após receber passe de Ronaldinho Gaúcho, o último jogador a ter a camisa 10 do Barcelona. A assistência pode ter significado o Bruxo passando seu reinado ao argentino. 

No mesmo ano, marcou seu primeiro gol na Liga dos Campeões. No entanto, não participou da decisão contra o Arsenal em 2006, pois estava machucado e era bastante jovem. A vitória do Barça foi comandada por Eto’o e Belletti, com participação especial de Ronaldinho Gaúcho. 

Já em sua segunda temporada pelo time, Messi conquistou a Liga dos Campeões e foi bicampeão do Campeonato Espanhol. Mesmo atuando em apenas sete jogos, ele participou diretamente de oito jogos. 

No entanto, apenas em 2008/09 que o craque começou a escrever a sua trajetória como referência do Barcelona, após a chegada de Pep Guardiola. Sob o comando do técnico, Messi atuou em 219 jogos e marcou 211 gols, mais do que com qualquer outro treinador, de acordo com informações do “Opta”. Na temporada citada, o argentino fez 23 gols e distribuiu 12 assistências em 31 jogos. Além disso, conquistou a tríplice coroa (La Liga, Copa do Rei e Liga dos Campeões).  

A conquista da Liga dos Campeões 2008/09 mudou o atacante de patamar no futebol mundial. Ainda novo, ele fez lances impressionantes ao lado de um time que marcou época, fez um dos gols na final contra o Manchester United e terminou a edição como o artilheiro com nove gols ao total. 

Foto de capa: FC Barcelona