Carregando

Buscar

Futebol Stick

Daniel Alves critica São Paulo após ouro nas Olimpíadas: “Falhou comigo, peço que me respeite”

Compartilhe

Após a conquista do ouro nas Olimpíadas na manhã deste sábado, Daniel Alves concedeu uma entrevista e criticou o São Paulo. O lateral, que se tornou alvo dos torcedores após aceitar a ida a Tóquio, alegou que não abandonou o clube e pediu respeito a todos.

“Não acho que abandonei o São Paulo, muito pelo contrário, estou representando o São Paulo também. Quando cheguei ao São Paulo, deixei bem claro que ia devolver o São Paulo para o mundo, o mundo ia começar a falar do São Paulo, porque o mundo me tinha, ou porque o São Paulo me tinha. Eu sou um atleta do mundo, e sempre representando os clubes em que estou”, afirmou o jogador ao portal “UOL”

O clube paulista disputou as oitavas de final da Libertadores e da Copa do Brasil enquanto Dani Alves estava com a seleção brasileira olímpica no Japão. No entanto, apesar das classificações às fases seguintes, a equipe não conseguiu sair da zona de rebaixamento do Brasileirão. 

Foto de capa: CBF
João Felix

Ele ainda acrescentou: “O São Paulo falhou muito comigo, e era um momento que eu tinha de escolher pelo São Paulo e por defender meu país, e sempre vou representar meu país e por tabela representar o time. As pessoas falam porque não conhecem minha dedicação, entrega e respeito com o São Paulo, sendo que o São Paulo muitas vezes falhou comigo, e eu não falho com o São Paulo”.

“O São Paulo tem pendências comigo, e não fui à imprensa falar disso, porque respeito o momento do clube, respeito o que o São Paulo está atravessando, mas também gostaria que o São Paulo e os são-paulinos me respeitassem também, porque tudo que se fala são inverdades. É muito difícil estar no São Paulo, representando o São Paulo, sendo que o São Paulo não se comporta como eu me comporto.  A única coisa que eu quis foi realizar meu sonho de jogar no São Paulo. Quando a torcida foi me receber, e sou muito grato a tudo isso, a única coisa que falei é que nós, juntos, íamos tirar o São Paulo da fila, e nós, dentro do São Paulo, conseguimos tirar o São Paulo da fila. Assim como eu respeito o São Paulo, peço que o São Paulo me respeite, porque tudo que eu faço pelo São Paulo não está ao alcance do que o São Paulo faz por mim”, finalizou.

Daniel Alves ainda não sabe se estará à disposição do São Paulo para o confronto contra o Palmeiras, na primeira partida das quartas de final da Libertadores. A previsão é que o jogador chegue à capital paulista na madrugada de segunda-feira.

Em destaque