Carregando

Buscar

Futebol

Riquelme volta a se pronunciar sobre eliminação do Boca na Libertadores e dispara: “Não tenho raiva do Atlético-MG”

Compartilhe

Enquanto se prepara para a partida contra o San Lorenzo, pelo Campeonato Argentino, o vice-presidente do Boca Juniors, Juan Román Riquelme, voltou a se pronunciar sobre a eliminação da equipe Xeneize na Libertadores contra o Atlético-MG.

Em entrevista à “Rádio 10”, o ex-jogador disparou: “Eu não tenho bronca de ninguém. Somente uma coisa: Até o último dia da minha vida, não vou entender como ganhamos os dois partidos e não seguimos na Copa. Não é que eu tenha raiva do Mineiro, mas ganhamos os dois jogos e ficamos de
fora”.

Caso o Boca Juniors tivesse avançado na competição, o clube enfrentaria seu maior rival nas quartas de final, o River Plate e poderiam reviver a grande final de 2018, quando o clube millonario se consagrou campeão. Riquelme também se pronunciou.

“Seria maravilhoso jogar as quartas contra o River. O Boca merecia. Sempre o futebol argentino tem que chegar até o final. Quero que o futebol argentino vá bem. É a maneira de crescer. Como futebol argentino temos que fazer muito para que isso aconteça. O que está ocorrendo não está bom”.

Foto de capa: Reprodução
João Felix

A fala de Riquelme se refere ao fato do River Plate ser o único clube argentino que segue na Copa Libertadores. Boca Juniors, Argentinos Jrs, Vélez e Defensa y Justicia já deram adeus a competição.

Em destaque