Carregando

Buscar

Futebol Stick

Agenda olímpica: com novas chances de medalhas, triunfos e classificações, confira os horários do Brasil nas Olimpíadas

Compartilhe

O primeiro ouro do Brasil em Tóquio veio do mar. Ítalo Ferreira venceu o japonês em uma bateria emocionante e garantiu a medalha inédita. Nesta terça-feira, há chance de novas conquistas também vindas da água, mas agora das piscinas. 

Às 22h50, é a vez de Léo de Deus disputar a final dos 200 metros de borboleta. Outra chance de ouro para o Brasil, também na piscina, será na prova de revezamento 4×200 metros livre com a final masculina, já na madrugada de quarta-feira. 

O Brasil dará o pontapé inicial em mais uma noite olímpica com Fabiana Silva no badminton feminino. A brasileira irá encarar a norte-americana Beiwen Zhang, às 22h. Às 23h, é a vez das meninas do vôlei de praia.  Ana Patricia e Rebecca encaram a dupla da Letônia.

No mesmo horário, tem o tênis misto entre Brasil e Sérvia. O judoca Rafael Macedo também disputa às 23h e encara o adversário do Cazaquistão. No judô feminino, Maria Portela pega uma integrante do time de refugiados. 

Foto de capa: Getty Images
João Felix

Ana Satila disputará a canoagem slalom feminina 0h50 e novamente às 3h. O tiro com arco começará 1h30 com Marcus D’Almeida contra o britânico Patrick Huston. Keno Machado, do boxe, encara o chinês Daxiang Chen às 2h10 desta terça-feira. 

Martine Grael e Kahena Kunze, da vela, seguem na competição às 2h50. Já às 5h, é a vez da seleção masculina de futebol encarar a Arábia Saudita. O badminton masculino será disputado entre Ygor Coelho e Kanta Tsuneyama, do Japão, a partir das 7h20.

Para fechar, a partir das 7h acontece a final da ginástica artística. O Brasil será representado por Caio Souza, Arthur Zanetti e Diogo Soares. Já às 7h30 é a vez do handebol masculino entre Brasil e Espanha, e a partir das 9h30 os meninos do vôlei entram em quadra para enfrentar o Comitê Olímpico Russo. 

Em destaque