Carregando

Buscar

Futebol

Médico da federação italiana diz que Eriksen não terá permissão para voltar a jogar futebol pela Inter

Compartilhe

Uma burocracia da Federação Italiana de Futebol (FIGC) irá impedir Christian Eriksen de voltar a jogar futebol pela Inter de Milão – pelo menos enquanto ele possuir um desfibrilador no coração. Segundo o médico Francesco Braconaro membro da CTC (comitê técnico científico) da FIGC, o “acessório” não é permitido. 

“Christian Eriksen não terá permissão para jogar na Itália. Se o jogador tiver o desfibrilador removido, e se houver confirmação que sua patologia possa ser resolvida, ele pode voltar a jogar pelo Inter”, disse o profissional em entrevista para a rádio “Kiss Kiss”. Braconaro também afirmou que existem regras rígidas na Itália sobre quem pode atuar como um atleta profissional. Os testes são realizados pela própria Federação e não pelos clubes.

Na partida de estreia da Dinamarca na Eurocopa, Eriksen sofreu uma parada cardíaca e precisou ser ressuscitado em campo. Ainda naquela semana, ele passou por um procedimento para implantar um pequeno desfibrilador que evita novas irregularidades na região. 

João Felix

Imagem de capa: Getty Images

Em destaque