Carregando

Buscar

Futebol

Justiça investiga transferência de Éder Militão ao Real Madrid

Compartilhe

Titular da seleção brasileira em alguns jogos da Copa América, o zagueiro Éder Militão pode estar envolvido em uma grande confusão na Justiça. Autoridades de Portugal investigam a transferência do jogador na ida do Porto ao Real Madrid, em 2019

Dois agentes receberam 9 milhões de euros como comissão. De acordo com o jornal “Público”, as investigações giram em torno do agente Bruno Macedo (filho do presidente do Benfica, Luis Filipe Vieira, preso nesta semana) e o parceiro brasileiro Giuliano Bertolucci.

O São Paulo foi procurado pelo jornal “Guardian”, da Inglaterra, para esclarecer a participação na negociação. Éder Militão foi revelado pelo clube do Morumbi, que recebeu cerca de 4 milhões de euros da venda ao Real Madrid, de acordo com o “GE”.

Foto de capa: Lucas Figueiredo/CBF

João Felix

Em destaque