Carregando

Buscar

Futebol

Florentino Pérez menospreza ídolos do Real Madrid em áudios vazados por jornal espanhol; confira as falas

Compartilhe

O jornal espanhol “El Confidencial” divulgou nesta terça-feira (13) áudios antigos, datados em 2006, 2008 e 2012, do presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, criticando lendas da história do clube, como Iker Casillas e Raúl. O mandatário não desmentiu as falas, mas afirmou que teriam sido tiradas de contexto. 

A publicação, ao divulgar as gravações, busca mostrar o “outro lado” do presidente merengue, que foi responsável por grandes contratações na história do clube, como Zinedine Zidane, Ronaldo, David Beckham e Cristiano Ronaldo. As afirmações de Pérez foram originadas dos anos de 2006, 2008 e 2012, revelando bastidores financeiros e menosprezo do mandatário em relação a alguns ídolos; confira:

“Beckham é um cara bom, muito esperto também. Ele traz 30 milhões de euros por ano, Ronaldo também, Zidane traz 25 milhões de euros. E tem o Raúl, que não vende nada, nem mesmo uma camisa. Ele não tem valor de mídia”, diz Florentino sobre o retorno financeiro de algumas estrelas do elenco ainda em 2006. 

“Raúl é ruim para o clube. Ele acredita que o Madrid é dele e usa tudo o que está nele para o seu benefício. Ele está sendo uma figura negativa. Ele está destruindo o Madrid”, afirma o presidente sobre o camisa 7 na época.

“Casillas não é goleiro para o Madrid. O que você quer que eu diga? Não é, nunca foi. Foi um grande fracasso que tivemos. Um dos grandes golpes, o segundo é Raúl”, emenda o mandatário se referindo a dois dos maiores ídolos da torcida madridista. 

Ainda sobre Iker Casillas, Florentino Pérez apelou para o lado pessoal do ex-goleiro. “Quando tivemos que jogar contra o Barcelona pelo título da Liga, Casillas chegou atrasado. Eu não podia acreditar. Ele estava conversando com a namorada. Uma piada. Ele é um cachorrinho de estimação”, disse. 

Em outra gravação, já de 2012, o presidente defende Cristiano Ronaldo, Sergio Ramos e José Mourinho, apontando para Casillas como responsável por um clima ruim no clube naqueles anos. “Eles estão dando aos fãs uma falsa imagem de Casillas. Quando sua namorada, Carbonero, chamou Cristiano de egoísta, ou o incidente de Ramos, ou o que aconteceu com Mourinho. Tudo aponta para Casillas”, afirmou. 

João Felix

Florentino Pérez confirmou ser o autor das falas, mas acusou o jornalista José Antonio Abellán de gravar “clandestinamente” a conversa, e o jornal de ter tirado suas afirmações de contexto. O presidente merengue ainda afirmou que a divulgação destes conteúdos é uma retaliação pela sua participação na criação da Superliga europeia. Vale lembrar que Raúl e Casillas, principais alvos nos áudios, trabalham no clube. O ex-atacante é técnico do Real Madrid Castilla e Iker é adjunto do diretor geral da Fundação Real Madrid. 

Foto: Getty Images

Em destaque