Carregando

Buscar

Futebol

Ex-goleiro do Paraguai acusa o Brasil de manipular o VAR na Libertadores: “É assim que matam o futebol”

Compartilhe

Ex-goleiro do Paraguai e Vélez Sarsfield, José Luis Felix Chilavert Gonzalez foi ao Twitter na noite desta terça-feira (13) para acusar o Brasil de manipular o VAR para proteger seus times na Libertadores. O paraguaio é conhecido por fazer diversas críticas à Conmebol e ao presidente da entidade, Alejandro Dominguez.

Com uma imagem da partida entre Cerro Porteño e Fluminense, o ex-jogador apontou o erro do bandeirinha do jogo, que marcou impedimento no gol marcado pelo clube paraguaio. No “print” é possível ver que um defensor tricolor dava condição e que a jogada foi legal. A partida terminou em 2 a 0 para o time brasileiro (Nenê e Egídio).

“O Brasil administra o VAR em Corrupbol e protege seus times, aqui o roubo contra o Cerro Porteño e também contra o Boca Juniors, é assim que matam o futebol”, escreveu Chilavert.

Em resposta ao tuíte, um internauta falou sobre outro erro de arbitragem favorável à uma equipe brasileira. Desta vez, Diego González, do Boca Juniors, abriu o placar diante do Atlético-MG, mas a arbitragem considerou falta após disputa de bola e anulou o gol. A partida terminou em 0 a 0.

Foto: Reprodução/Twitter/Conmebol

João Felix

Em destaque