Carregando

Buscar

Futebol

Flamengo quer levar jogo de volta da Libertadores para Brasília para tentar volta de público aos estádios

Compartilhe

De acordo com o “Globo Esporte”, o Flamengo está tentando levar o duelo diante do Defensa y Justicia, pela Libertadores, para o estádio Mané Garrincha, em Brasília. Segundo informações, a ideia é “driblar” as recomendações do prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, que se posicionou a respeito de problemas com liberação de público na final da Copa América.

Além disso, a vontade flamenguista passa pela liberação de torcedores na Libertadores e Sul-Americana pela Conmebol. Se houver um acordo com as autoridades locais, o Rubro-Negro quer ver sua torcida novamente no próximo dia 21 de julho, data do jogo de volta diante do clube argentino. De qualquer forma, o “GE” afirma que o Rio de Janeiro não é uma opção para a partida.

“Se o prefeito trata o Flamengo diferente de outras entidades do futebol, se a ciência municipal é uma para uns e outra para o Flamengo, então caberá ao clube adotar as providências que julgar corretas. O Flamengo sabe fazer futebol melhor que ninguém, conhece a sua torcida e o estádio melhor que todos, e está pronto para fazer um belo jogo com todos os protocolos sanitários”, disse Rodrigo Dunshee de Abranches, vice geral e jurídico do Flamengo.

No último sábado (10), Eduardo Paes liberou 10% da capacidade do Maracanã para o público, mas diante das aglomerações e confusões para retirada de ingressos e entrada no estádio, o político encontrou “mais problemas do que imaginava”.

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

João Felix

Em destaque