Carregando

Buscar

Futebol

Apesar de pressão da torcida, diretoria do Flamengo planeja manter Ceni; entenda os motivos

Compartilhe

Após a derrota para o Atlético-MG, a terceira nos últimos quatro jogos, o muro do Ninho do Urubu foi pichado na última quarta-feira (7) com xingamentos ao técnico Rogério Ceni. A pressão de boa parte da torcida rubro-negra pela saída do treinador de 48 anos é grande, mas a intenção da diretoria do clube não é de mandá-lo embora nas atuais circunstâncias, de acordo com o “Globo Esporte”.

Isso porque os dirigentes entenderiam que a situação do momento é de paciência e confiança a Ceni em virtude da volta dos convocados para a Copa América, além de direcionar o orçamento apertado para investimentos em jogadores no mercado. Com negociações em andamento com o volante Thiago Mendes, o meia Renato Augusto e o ponta Kenedy, o Flamengo não veria como viável estrategicamente uma troca imediata no comando técnico.

João Felix

Para completar o panorama financeiro, a avaliação da diretoria do time carioca é de que a comissão técnica de Rogério Ceni tem um custo baixo em comparação com qualquer outra de primeiro escalão que o clube possa buscar no mercado. Além disso, outro motivo que influencia na manutenção do treinador campeão brasileiro, carioca e da Supercopa do Brasil é a proximidade pelo início do mata-mata da Copa Libertadores: o Flamengo enfrenta o Defensa y Justicia na próxima quarta-feira (14), em Florencio Varela, pelo jogo de ida das oitavas de final.

Foto: Reprodução/Twitter

Em destaque