Carregando

Buscar

Futebol

Sarri relata dificuldades em lidar com Cristiano Ronaldo e se diz arrependido de ter saído do Chelsea

Compartilhe

Em entrevista para o canal “Sport”, Maurizio Sarri, treinador da Lazio, abriu o jogo sobre os últimos anos de sua carreira. O foco foi a sua passagem pela Juventus. Nela, o treinador relatou as dificuldades de trabalhar com Cristiano Ronaldo e, inclusive, o arrependimento de ter ido treinar a equipe.

“Ronaldo não é fácil de gerir. Ele é uma empresa multinacional com interesses pessoais que têm de se combinar com os da equipe. Eu me considero melhor como treinador do que como gerente. Também há muitos aspectos positivos, porque o Ronaldo vai trazer resultados para o time no final, e são resultados importantes. Ele representa algo que vai além do clube, com mais de 200 milhões de seguidores nas redes sociais, mas isso é um problema da nossa sociedade. Infelizmente, fala-se muito sobre jogadores e pouco sobre times”, iniciou.

“No Chelsea, eu trabalhava em um grande clube e eles não queriam que eu saísse. Acontece que eu tinha vontade de voltar à Itália e acabei escolhendo a Juventus. Cometi um grande erro de avaliação”, comentou. Sarri trocou o futebol inglês pela Juve após apenas um ano frente ao Chelsea. Depois, ele viria a ficar também um ano na Juventus.

João Felix

Questionado sobre o “erro” em ir para a Juventus, Sarri explicou. “O scudetto (título italiano) que eu ganhei com a Juventus era dado como certo tanto dentro como fora do clube. Tanto que a conquista do título não foi nem mesmo festejada. Neste último ano, porém, eles acabaram festejando a conquista do 4º lugar”, disse.

Imagem de capa: Getty Images

Em destaque