Carregando

Buscar

Futebol

Barcelona precisará cortar mais de R$ 1 bilhão em salários para renovar com Messi e registrar reforços, diz rádio

Compartilhe

O Barcelona foi informado nesta segunda-feira (5) pelo presidente do Campeonato Espanhol, Javier Tebas, que terá de cortar 187 milhões de euros (cerca de R$ 1,13 bilhão) de sua folha salarial para registrar novas contratações e renovações nesta temporada, segundo a rádio “RAC1”. 

Dessa maneira, caso não alcance o teto exigido pelo líder do futebol na Espanha, os Blaugranas não poderão inscrever os reforços Eric García, Emerson Royal, Memphis Depay e Sergio Agüero. Além disso, a possível renovação de Lionel Messi também não poderá ser registrada. Com isso, a extensão de contrato de Messi ficaria comprometida, afastando o argentino do Camp Nou. 

Entretanto, o clube já começou a trabalhar nos bastidores para solucionar a pendência. Os Culés possuem as liberações de Umtiti e Pjanic alinhadas e os atletas já buscam novos clubes. Outros jogadores deverão seguir o mesmo caminho, como é o caso de Sergi Roberto. Além disso, o Barça espera que a federação adote uma flexibilidade maior na esfera econômica, como vem acontecendo com a questão do fair play financeiro na Europa. 

João Felix

Foto: Reprodução/Barcelona

Em destaque