Carregando

Buscar

Futebol

Livro relata impaciência de José Mourinho com Cristiano Ronaldo: “Não gosto de jogadores egocêntricos”

Compartilhe

Conhecido por ter problemas com alguns jogadores que já treinou, José Mourinho é uma das figuras mais polêmicas do futebol. Com Cristiano Ronaldo não foi diferente. A dupla portuguesa trabalhou junto na época de Real Madrid e, mesmo com títulos em campo, a relação não era apenas formada por flores.

Em relato no livro “Mantenham-se loucos e famintos”, de João Gabriel, ex-diretor de comunicação do Benfica, Mourinho contou sobre um desentendimento que teve com CR7. “Não gosto de jogadores egocêntricos, tenho um problema com aqueles que colocam os objetivos pessoais à frente dos da equipe. Complica o trabalho de um treinador”, iniciou.

“Estávamos no último minuto de um jogo com o Valencia, vínhamos de dois empates seguidos e estávamos a ganhar 2-0. O Ronaldo tentou fintar o João Pereira, ofereceu a bola e o Valencia quase marcou. No final do jogo, disse-lhe que, após dois empates, ganhar 2-0 era diferente de ganhar 2-1. Ele não gostou do que eu lhe disse, mas nada de especial”, concluiu.

João Felix

Imagem de capa: Getty Images

Em destaque