Carregando

Buscar

Futebol Stick

Presidente do Barcelona revela interesse de Messi na renovação, mas questões fiscais impedem a assinatura

Compartilhe

O presidente do Barcelona, Joan Laporta, afirmou que a negociação para a permanência de Messi “segue avançando” e que há interesse do jogador em continuar na equipe, No entanto, de acordo com o jornal “Expansión”, o clube terá de resolver primeiro os seus problemas financeiros.

Caso contrário, não poderá registrar o craque argentino, já que sua renovação está condicionada a vários aspectos fiscais. Segundo o conselheiro fiscal Ramón Álvarez de Mon, “o Barça deve gerar 400 milhões de euros em ganhos de capital e economia de salários”.

Ainda há a possibilidade de a La Liga, entidade que administra o Campeonato Espanhol, se opor ao contrato proposto pela diretoria, , já que esta fórmula poderia barganhar o salário e controle orçamentário do equipes. A ideia é oferecer ao atacante dois anos de contrato, como jogador, e mais cinco como embaixador do clube. 

Além disso, o Tesouro Espanhol também terá que se manifestar na renovação do argentino. “Se o Messi receber dois anos como jogador de futebol e o terceiro como embaixador em Miami, ele cobrará pelo que gerou como jogador do Barça, mas será um não residente, portanto não pagará impostos na Espanha ou o fará com uma alíquota inferior à dos residentes , o que pode desencadear um caso de fraude”, afirma o especialista.

Foto de capa: Getty Images
João Felix

Livre no mercado, Messi desperta o interesse de PSG e Manchester City. O clube inglês, inclusive, já tentou contratá-lo no ano passado. No entanto, o jogador não conseguiu uma rescisão amigável e optou por continuar no clube, que estava já 16 anos. Desta vez, o atacante poderá chegar a qualquer equipe sem custo. 

Em destaque