Carregando

Buscar

Futebol

Neto terá que cumprir medida judicial no “Baita, Amigos” após processo por assédio moral contra uma mulher

Neto
Compartilhe

O ex-jogador e apresentador Neto terá que cumprir uma medida judicial após processo por assédio moral por uma mulher. Segundo o portal “UOL Esporte”, os advogados da “Band” confirmaram que ele lerá um direito de resposta durante o programa “Baita, Amigos” da próxima segunda-feira (05).

Neto está sendo processado após ter tirado uma foto com Odete Souza em 2016 no município de Novo Mundo, no Mato Grosso do Sul. De acordo com a dona de casa, Neto teria dito que ela era “dona da zona da cidade” e feito comentários de cunho sexual como “gostosa” e “biscate”. Na nota que será lida pelo ex-atleta, a mulher relata que as palavras geraram graves transtornos psicológicos e morais, além de prejuízos para ela e seus familiares.

“É uma coisa que me machucou muito. O Neto veio na minha casa e destruiu a minha vida. Foi muita falação. Sempre que saía alguma coisa na televisão, o povo ficava perguntando. Eu não estava ganhando mais nenhum real, todo mundo só ficava falando do Neto. Eu não consigo nenhum emprego porque eu vivo doente. Hoje eu não tenho mais saúde, e eu tenho prova: todo mundo sabe que eu era sadia. Eu andava de moto e hoje não consigo subir na Bis mais. Sou uma mulher inválida. Não sou ninguém”, desabafou Odete ao portal.

Vale lembrar que Neto já leu nota semelhante em fevereiro de 2021 durante o “Donos da Bola”, mas o processo continuou. Além de solicitar o direito de resposta, Odete Souza movimenta um processo para que a “Band” e a “Band Sports” paguem o valor de R$340 mil por danos morais.

Foto: Reprodução/Band

João Felix

Em destaque