Carregando

Buscar

Futebol

Eurocopa: Griezmann e Dembélé são acusados de racismo por episódio em hotel da França

Compartilhe

Antoine Griezmann e Ousmane Dembélé, da França, estão sendo acusados de racismo em virtude de um episódio da dupla durante a Eurocopa. Nos últimos dias, um vídeo em que os dois ironizam trabalhadores asiáticos se tornou viral nas redes sociais. Neste sentido, os jogadores foram arduamente criticados pelos fãs que utilizaram a frase “Stop Asian Hate” (pare com o ódio aos asiáticos) como forma de protesto.

No episódio em questão, Dembélé e Griezmann estavam em seu quarto do hotel e filmaram funcionários que estavam consertando a televisão. “Todos esses “caras feias” só para que eu possa jogar PES. Não está envergonhado?”, disse Dembélé enquanto filmava Griezmann. “Que tipo de língua ao contrário é essa? (se referindo ao diálogo entre os funcionários). Vocês são avançados tecnologicamente em seu país ou não?”, ironizou enquanto dava zoom nos trabalhadores.

João Felix

Até o momento, nenhum dos dois jogadores se posicionou sobre o caso. Assim como a organização da Eurocopa e a França. Atuais campeões do mundo, os “azuis” foram eliminados, de maneira precoce, pela Suíça, nos pênaltis da fase oitavas de final do torneio.

Imagem de capa: Getty Images

Em destaque