Carregando

Buscar

Futebol

Após mais um resultado ruim, diretoria do Grêmio dá ultimato para Tiago Nunes e recebe torcedores em reunião no CT

Compartilhe

Na noite da última quarta-feira (30), o Grêmio perdeu para o Juventude por 2 a 0, em confronto válido pelo Campeonato Brasileiro. Mesmo com Tiago Nunes pressionado pela torcida, a diretoria bancou o técnico após a partida, mas informou que uma nova derrota o derrubará do cargo. Nesta quinta (1º), um grupo de torcedores realizou protesto no CT, e três deles foram convidados para uma reunião interna.

O protesto aconteceu por volta das 15h30 (horário de Brasília) em frente ao Centro de Treinamentos Presidente Luiz Carvalho. Uma faixa da torcida Geral do Grêmio foi extendida combinada com gritos pedindo por “raça” e mais atitude em campo, além da saída de Nunes. Como tudo aconteceu de forma pacífica, três representantes conversaram com a diretoria nas dependências do CT. O grupo abordou ainda o lateral Léo Gomes na saída do local. 

O Imortal não vive um bom momento dentro e fora do campo, e tem apenas dois pontos conquistados, algo que nunca aconteceu na existência da competição. Além dos protestos e faixas espalhadas pela cidade de Porto Alegre, a situação travou as conversas para a renovação do atacante Ferreira. Segundo o portal “GZH”, o valor da multa rescisória tem sido o principal problema, somado ao valor de €12 milhões (R$71,5 milhões) que a equipe gaúcha quer estabelecer, mas que vai contra o desejo do empresário do jogador.

Foto: Getty Images

João Felix

Em destaque