Carregando

Buscar

Futebol Stick

Para montar elenco líder do Campeonato Brasileiro, RB Bragantino desembolsou mais de R$80 milhões; saiba detalhes

Compartilhe

O RB Bragantino segue sendo a sensação do Campeonato Brasileiro. Após uma campanha em 2020 coroada com ida à Sul-Americana, a equipe de Bragança Paulista é a líder da edição de 2021 com 17 pontos, quatro à frente do vice-líder. Para entender como se dá o aproveitamento positivo do time, o “UOL Esporte” fez um levantamento de gastos.

Apesar de transações acima de R$20 milhões, o Bragantino contou com algumas chegadas importantes a custo zero. Léo Ortiz, convocado para a Copa América, chegou ao clube paulista sem pesar aos cofres. No mesmo nível de identificação com clube e torcida, o atacante Ytalo também não custou nada. O mesmo com Aderlan, e com Lucas Cândido (este último por empréstimo).

João Felix

O “UOL” detalhou o restante do elenco titular, a começar pela contratação mais cara: Artur, R$27 milhões. Depois, Cleiton (R$23 milhões) e Helinho (R$22 milhões) completam o trio dos 20 milhões. Vale observar que o Bragantino não exerceu o direito de compra de Helinho, mas já sinalizou o desejo ao São Paulo.

Fabrício Bruno (R$2 milhões), Raul (R$600 mil), Lucas Evangelista (R$7 milhões) e Claudinho (R$2,5 milhões) fecham a conta em R$84,1 milhões. O número é inferior ao valor pago pelo Flamengo para continuar a contar com Pedro (R$87 milhões pagos à Fiorentina), mas os frutos estão sendo colhidos.

Nesta quinta-feira (1º) de julho, o RB Bragantino recebe o Ceará, às 16h (horário de Brasília), em confronto válido pela oitava rodada do Brasileirão 2021. O líder da competição tem um jogo a mais que o vice-líder e quatro pontos de vantagem, e vem de sequência de quatro vitórias e um empate.

Foto de capa: Ari Ferreira/Red Bull Bragantino

Em destaque