Carregando

Buscar

Futebol

Cruzeiro não paga dívida por Arrascaeta e é impedido pela Fifa de registrar novos atletas

Compartilhe

O Cruzeiro foi novamente punido pela Fifa. Agora, por não quitar a dívida de R$ 7 milhões ao Defensor, do Uruguai, pela compra de Arrascaeta, em 2015. O prazo do acordo se encerrou na última segunda-feira, e como não houve pagamento, o clube será impedido de registrar novos atletas com o transfer ban.

A notificação chegou à diretoria mineira e à CBF nesta quarta-feira, de acordo com o “Globo Esporte”. O Cruzeiro ainda não se pronunciou oficialmente. No entanto, esta não é a primeira vez que o clube recebe sanção da entidade máxima do futebol. 

No ano passado, o time começou a Série B com menos seis pontos também por falta de pagamento; em setembro do mesmo ano também não pode registrar novos jogadores por dívidas com clubes estrangeiros.

A punição, entretanto, já era prevista. Por isso, o clube correu para registrar novos atletas e regularizar reforços. Na última semana, o Cruzeiro anunciou a chegada dos laterais Norberto e Jean Victor, do zagueiro Rhodolfo, além dos atacantes Wellington Nem, Keké e Eduardo. Porém, com o prazo vencido pelo pagamento, nenhum atleta foi registrado no BID pelo clube. 

Foto de capa: Divulgação/Mineirão
João Felix

De acordo com o perfil do Twitter “Central do Cruzeiro”, o clube está perto de perder o site oficial, pois não realizou o pagamento de renovação domínio, que vence no próximo dia 2. Caso não seja quitado, o domínio poderá ser usado por outra pessoa.

Foto: Reprodução

Em destaque