Carregando

Buscar

Futebol Stick

Presidente define valor para liberar Marinho: “O Santos não é um comércio que faz liquidação”

Compartilhe

Depois de afirmar que Marinho não é um jogador intocável no Santos, o presidente Andres Rueda definiu que o valor mínimo para liberar o principal jogador do Peixe é de R$ 20 milhões. Em entrevista para o jornalista Jorge Nicola, Rueda afirmou também que, apesar das dificuldades financeiras, o clube não facilitaria uma eventual saída do atacante.

“O Santos não é um comércio ou supermercado que coloca o jogador à venda e faz liquidação. O fato de estarmos com problemas financeiros não significa que estamos com o pires na mão. Quem quiser, me faça uma proposta em papel timbrado, que vou responder com um preço estipulado para começar a pensar”, disse o presidente.

Ainda na conversa, Rueda falou sobre a proposta do Alanyaspor, da Turquia, por Jean Mota. “A única proposta oficial que recebemos foi pelo Jean Mota. Os valores não interessaram e conversa encerrada. Por menos de “tanto” nem vamos conversar. Falar de valores não agrega em nada. Da minha parte, negociação terminou. Fiz essa contraproposta e disseram que não chegariam nesse valor”, comentou. Confira a entrevista completa na íntegra:

João Felix

Imagem de capa: Ivan Storti/Santos FC

Em destaque