Carregando

Buscar

Futebol

Uefa manda recado às seleções após atitudes de CR7, Pogba e Locatelli em coletivas: “Os patrocinadores são essenciais para a concretização do torneio”

Compartilhe

A Uefa quebrou o silêncio após Cristiano Ronaldo, Paul Pogba e Manuel Locatelli esconderem garrafas de bebidas durante suas respectivas coletivas de imprensa. De acordo com a entidade, seleções e atletas devem respeitar os patrocinadores da Eurocopa 2020, pois têm obrigações contratuais a cumprir.

“A Uefa lembrou às equipes participantes que os patrocinadores são essenciais para a concretização do torneio e para garantir o desenvolvimento do futebol em toda a Europa, incluindo para jovens e mulheres”, disseram os organizadores do evento à agência de notícias “Reuters” nesta quinta-feira (17).

A repreensão se deu após CR7 “esconder” garrafas de refrigerante e substituir por água em entrevista que antecedeu a estreia de Portugal na Euro. Um dia depois, após a vitória da França por 1 a 0 em cima da Alemanha, Pogba retirou outra garrafa da mesa devido às suas crenças religiosas (o jogador é muçulmano) que proíbe bebidas alcóolicas, embora o produto referido não possuísse alcóol. Por fim, ao final de Itália 3 a 0 Suíça, Locatelli repetiu a atitude de Cristiano e trocou os refrigerantes por água.

Foto: Getty Images

João Felix

Em destaque