Carregando

Buscar

Futebol

Uefa abre investigações e vai analisar possíveis gestos racistas de Arnautovic, da Áustria, contra a Macedônia do Norte

Compartilhe

Após relato da Macedônia do Norte, a Uefa investigará Marko Arnautovic, atacante da Áustria, por suposto gesto racista e supremacista contra os rivais. A situação teria acontecido enquanto o atacante comemorava seu gol na vitória por 3 a 1 no último domingo (13).

Segundo nota emitida pela Macedônia, o símbolo de “OK” que Arnautovic fez com as mãos e direcionou ao macedônio Ezgjan Alioski, que tem origens albanesas, representa um gesto de “explosão nacionalista”, além de ter proferido palavras ofensivas, e solicitou uma punição mais severa ao atleta, que tem origens sérvias. Durante os atos, aliás, o companheiro de equipe David Alaba precisou “tampar” a boca do atacante para que parasse de falar.

Vale pontuar que os referidos países travam uma batalha pós-extinção da Iugoslávia, que antigamente unia Sérvia, Albânia/Kosovo, Macedônia, Croácia, Bósnia e Herzegovina, e Eslôvenia, pois os sérvios se recusam a reconhecer a independência do Kosovo, enquanto os albaneses acolheram o novo país.

Após a repercussão, Marko Arnautovic utilizou o Instagram para pedir desculpas pelos gestos e palavras. Segundo ele, “houveram algumas palavras acaloradas ontem nas emoções do jogo pelas quais gostaria de pedir desculpas – especialmente aos meus amigos do Norte da Macedônia e da Albânia. Gostaria de dizer uma coisa muito claramente: não sou racista! Tenho amigos em quase todos os países e defendo a diversidade. Todo mundo que me conhece sabe disso”.

Foto: Reprodução/Instagram/Marko Arnautovic/

Foto: Getty Images

Em destaque