Carregando

Buscar

Futebol

Com bom humor, José Mourinho dá ‘ultimato’ para Cristiano Ronaldo: “Deveria sair da Itália e me deixar em paz”

Compartilhe

José Mourinho concedeu entrevista ao “talkSPORT” e respondeu perguntas sobre o possível confronto com Cristiano Ronaldo no Campeonato Italiano. Em meio à indecisão e incerteza do jogador na Juventus, o técnico português brincou com seu compatriota.

“Todos dizem, inclusive eu, que ele já não tem 25 anos, que tem 36 anos e já não marca 50 gols. Mas, quantos marcou este ano? 35. Os seus recordes são incríveis e os números falam por si. Ele deveria sair da Itália e deixar-me em paz!”, disse o novo comandante da Roma.

Após o ‘ultimato’, Mourinho elogiou CR7 e não deixou de destacar suas características. Para ele, Cristiano é movido pelos próprios recordes e tem ambição. “Ele é uma lenda, um dos grandes nomes que vai ficar para sempre na história do futebol. Ele quer ganhar bolas de Ouro, Chuteiras de Ouro, quebrar o recorde do jogador iraniano*, não quer só jogar o Europeu, mas também o Mundial”, pontuou.

João Felix

Ali Daei é um ex-jogador do Irã que marcou 109 gols entre 1993 e 2006 por seu país. O número dá a ele o posto de maior goleador de todos os tempos por seleções, acima de Cristiano Ronaldo (93 gols por Portugal desde 2004), Ferenc Puskás (84 gols pela Hungria entre 1948 e 1956) e Kunishige Kamamoto (80 gols pelo Japão entre 1966 e 1977).

Foto: Getty Images

Em destaque