Carregando

Buscar

Futebol Stick

Botafogo lidera ranking de “rei dos vexames” na Copa do Brasil entre os times grandes; Atlético-MG vem em seguida

Compartilhe

A Copa do Brasil é uma caixinha de surpresas. Nesta edição, as quedas de Cruzeiro, Palmeiras, Corinthians e Internacional chamaram a atenção, principalmente por conta dos adversários. A lista de “vexames” na competição aumentou, mas segue sendo liderada pelo Botafogo, que conta com 13 eliminações em 28 participações.

A saída precoce do Cruzeiro na competição, por exemplo, foi a sexta para um time que não está disputando a Série A em 25 participações na Copa do Brasil, em que é o maior campeão. Já o Palmeiras, teve a quinta eliminação para uma equipe de menor investimento em 25 oportunidades.

O vice-lider do ranking, no entanto, é o principal rival da Raposa: o Atlético-MG. O Galo acumula dez eliminações em 32 participações. Em seguida, o Internacional, que deixou o torneio nesta quinta-feira após perder em casa por 3 a 1 para o Vitória. O Colorado deu adeus à disputa nove vezes em 27 ocasiões.

Foto de capa: Getty Images
João Felix

Confira os maiores “vexames” na Copa do Brasil – eliminações para times que não estão na elite do futebol brasileiro:

Botafogo: 13 eliminações em 28 participações
1991 – Coritiba (B)
2001 – Remo (B)
2004 – Gama (B)
2005 – Paulista (B)
2006 – Ipatinga (C)
2008 – Corinthians (B)
2009 – Americano (sem divisão)
2010 – Santa Cruz (D)
2012 – Vitória (B)
2018 – Aparecidense (D)
2019 – Juventude C
2020 – Cuiabá (B)
2021 – ABC (D)

Atlético-MG: dez eliminações em 32* participações
1991 – Criciúma (B)
1992 – Criciúma (B)
1999 – Bahia (B)
2002 – Brasiliense (C)
2003 – Sport (B)
2004 – Santo André (B)
2005 – Ceará (B)
2011 – Prudente (B)
2012 – Goiás (B)
2020 – Afogados (D)

Inter: nove eliminações em 27 participações 1990 – Criciúma (B)
1993 – Londrina (sem divisão)
1994 – Ceará (B)
2001 – Fortaleza (B)
2003 – Remo (B)
2005 – Paulista (B)
2014 – Ceará (B)
2020 – América-MG
2021: Vitória (B)

Vasco: sete eliminações em 30* participações 1991 – Remo (B)
1992 – CSA (B)
1999 – Goiás (B)
2004 – 15 de Novembro (sem divisão)
2005 – Baraúnas (C)
2007 – Gama (B)
2014 – ABC (B)

Fluminense: sete eliminações em 26* participações
1994 – Linhares (sem divisão)
1997 – Ceará (B)
2002 – Brasiliense (C)
2003 – Sport (B)
2005 – Paulista (B)
2014 – América-RN (B)
2018 – Avaí (B)

Cruzeiro: seis eliminações em 25 participações
1997 – Santa Cruz (B)
2005 – Paulista (B)
2007 – Brasiliense (B)
2012 – Athletico-PR (B)
2020 – CRB (B)
2021 – Juazeirense (D)

Palmeiras: cinco eliminações em 26 participações
1994 – Ceará (B)
2002 – ASA (sem divisão)
2004 – Santo André (B)
2007 – Ipatinga (B)
2021 – CRB (B)

Flamengo: três eliminações em 25* participações
2004 – Santo André (B)
2005 – Ceará (B)
2016 – Fortaleza C

Grêmio: três eliminações em 28* participações
1991 – Criciúma (B)
2006 – 15 de Novembro (sem divisão)
2008 – Atlético-GO (B)

Santos: três eliminações em 19* participações 1999 – Goiás (B)
2006 – Ipatinga (C)
2009 – CSA (D)

São Paulo: três eliminações em 21* participações
1990 – Criciúma (B)
2014- Bragantino (B)
2016 – Juventude (C)

Corinthians: duas eliminações em 26 participações
2017 – Inter (B)
2020 – América-MG (B)

*** Clubes que ainda estão disputando a Copa do Brasil 2021

Em destaque