Carregando

Buscar

Futebol

Maioria do STF rejeita ações contra a Copa América, que será realizada no Brasil

Compartilhe

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) votou para rejeitar duas ações que pedem a suspensão da Copa América no Brasil. Assim, a realização da competição no país está confirmada.

Dos 11 ministros do STF, seis foram contra a suspensão do torneio e cinco foram favor. Além de Carmén Lúcia, relatora das ações, os juízes Marco Aurélio, Ricardo Lewandowski, Edson Fachin, Gilmar Mendes e Dias Toffoli votaram para a rejeição destas. Já os ministros Luiz Fux, Rosa Weber, Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes e Kassio Nunes Marques foram a favor das ações e, consequentemente, foram contrários a realização da Copa América no Brasil.

Um terceiro processo que também está no plenário virtual do STF, mas ainda não formou maioria, tem como relator o ministro Ricardo Lewandowski. Ele não votou contra o torneio, mas determinou que o Governo Federal apresente, em 24h, um plano “compreensivo e circunstanciado acerca das estratégias e ações que está colocando em prática, ou pretende desenvolver, para a realização segura” do evento, de acordo com o “Globo Esporte”.

Foto: Divulgação/Conmebol

Em destaque