Carregando

Buscar

Futebol

Rogério Caboclo é afastado da presidência da CBF

Compartilhe

Rogério Caboclo foi oficialmente afastado do cargo de presidente da CBF. O período de afastamento é de 30 dias. A decisão foi feita pelo Conselho de Ética em virtude das acusações de assédio sexual e moral de uma funcionária. Caboclo afirma ser inocente.

A CBF já foi notificada e o vice-presidente mais velho, Antônio Carlos Nunes, assume o cargo durante o período de afastamento. Uma reunião entre os diretores e vices foi convocada para a manhã de segunda-feira (7), na sede da entidade.

Caboclo já vinha sofrendo pressão interna para se afastar e cuidar do caso de assédio com mais atenção. Agora, ele focará no caso e deixa o cargo, momentaneamente, no meio de um atrito entre comissão técnica e jogadores antes da Copa América, que irá acontecer no Brasil.

João Felix

Imagem de capa: Reprodução

Em destaque