Carregando

Buscar

Futebol

Com chances de pedido de demissão de Tite cada vez mais reais, CBF tem Renato Gaúcho como alternativa

Compartilhe

Devido a briga interna na CBF que põe, de um lado, o presidente Rogério Caboclo e demais dirigentes aliados e, do outro, os jogadores e a comissão técnica da seleção brasileira, existe uma expectativa de que o treinador Tite peça demissão do cargo após o jogo contra o Paraguai na próxima terça-feira (8). Com isso, a entidade máxima do futebol do país já teria em mente um favorito para assumir a equipe: Renato Gaúcho. 

De acordo com o “Globo Esporte” e com a “TNT Sports Brasil”, o nome do ex-técnico do Grêmio é o que mais agrada pelo fato de ser um profissional que não irá bater de frente com a CBF e possui a mesma linha de pensamento. A outra opção seria ir em busca de treinadores no mercado estrangeiro.

João Felix

Renato Portaluppi já manifestou publicamente seu desejo de um dia treinar o Brasil e está sem clube desde abril. Em seu último trabalho no Grêmio, foi campeão de Copa Libertadores (2017), Recopa Sul-Americana (2018), (Copa do Brasil (2016) e três vezes do Campeonato Gaúcho (2018, 2019 e 2020).

Foto: Divulgação/Lucas Figueiredo/CBF

Em destaque