Carregando

Buscar

Futebol

Maior artilheiro da história do Botafogo-SP, Antonio morre aos 82 anos

Compartilhe

Morreu nesta quinta-feira (03) Benedicto Antônio Angeli, o Antoninho, maior artilheiro da história do Botafogo-SP. Um dos destaques do ataque memorável da equipe nos anos 60, o ex-jogador estava internado com Covid-19. De acordo com o “Globo Esporte”, o sepultamento está marcado para as 15h30 (horário de Brasília) no Cemitério da Saudade, em Ribeiro Preto – SP, e a equipe paulistana decretou luto de três dias.

“Lamentamos profundamente a morte do Antoninho, o maior artilheiro da história do nosso clube. Ele sempre honrou e levou o nosso clube no coração. Infelizmente, perdemos mais um grande botafoguense”, disse o presidente do Botafogo, Osvaldo Festucci, em nota.

Antoninho marcou 148 gols em 11 anos defendendo as cores do Botafogo. Além de maior artilheiro, ele coleciona feitos interessantes na equipe interiorana: em 1959, ele marcou seis gols em partida diante do Guarani. No ano seguinte, foi artilheiro e marcou 13 dos 34 gols do time no primeiro turno no Campeonato Paulista.

Antoninho
Foto: Raul Ramos/Agência Botafogo-SP

Foto: Rodrigo Corsi/Paulistão

João Felix

Em destaque